Director nacional da Saúde destaca importância de donativo da Unicef no combate à covid-19

Director nacional da Saúde destaca importância de donativo da Unicef no combate à covid-19

O director nacional da Saúde, Jorge Noel Barreto, destacou hoje a importância de um donativo de 28 mil testes rápidos e 62 mil máscaras cirúrgicas atribuídos pela Unicef para ajudar Cabo Verde no combate à propagação da covid-19.

Conforme realçou, durante a sua intervenção na cerimónia de entrega oficial das máscaras e testes rápidos, este donativo enquadra-se no projecto “prevenir e responder a covid-19 em Cabo Verde”, executado pela Unicef e financiado pela Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID).


Jorge Noel Barreto considerou que este apoio, que será distribuído a todas as estruturas de saúde a nível nacional, irá reforçar as acções de prevenção e controlo da covid-19 em Cabo Verde, acrescentando que esta iniciativa veio “em boa hora”.


“É mais um apoio que vem em boa hora, são testes que são utilizados para o rastreio de pessoas infectadas, no sentido de se poderem tomar as medidas para mitigar a propagação do vírus, portanto, o teste rápido tem um grande valor, as máscaras são outras ferramentas que utilizadas de forma adequada, vão apoiar na mitigação da propagação do vírus”, referiu.


Este responsável reconheceu, no entanto, que a luta contra a pandemia da covid-19 não tem sido fácil e que a mesma tem exigido todos os esforços e recursos, de forma a mitigar os efeitos negativos da doença, defendendo que com “o forte engajamento de todos” será possível “vencer a batalha” contra a covid-19.


Por seu turno, o representante da Unicef em Cabo Verde, Steven Ursino, lembrou que esse donativo faz parte de um projecto mais vasto que visa contribuir para o reforço nacional à covid-19, com foco nas áreas de comunicação de risco e engajamento comunitário, formação sobre comunicação e risco para jovens líderes locais e organizações e associações comunitárias.


Reiterou o apoio e empenho da organização no reforço institucional e técnico da saúde e na ajuda ao País para alcançar os objectivos, que contribuem na protecção da população no contexto da pandemia.


Reconheceu, por outro lado, “o empenho e esforço” de Cabo Verde no reforço a resposta nacional à pandemia da covid-19, “não obstante os desafios que persistem”, devido a exigência da situação.


Por sua vez, a representante da USAID, Amanda Porter, reafirmou o apoio dos Estados Unidos da América na luta contra a covid-19, afiançando que o país americano está disponível em trabalhar com todos os países na mitigação dos efeitos devastadores económicos e na saúde pública causada pela pandemia.


“As máscaras e os testes rápidos são ferramentas essenciais para monitorar e prevenir a disseminação da covid19. Temos muito orgulho em ajudar a responder a estas necessidades contínuas”, salientou, destacando o trabalho “contínuo e incansável” de Cabo Verdepara travar a pandemia.

 

Inforpress/Fim

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest