Associação de pescadores do Porto Novo “ansiosa” pela abertura do mercado de peixe que vai dignificar as peixeiras

A Associação dos Pescadores e Peixeiras do Porto Novo, Santo Antão, disse hoje aguardar “com ansiedade” a entrada em funcionamento do mercado de peixe, pelo impacto que terá na dignificação “das condições de trabalho” destes operadores.

“O mercado vai dignificar as condições de trabalho das peixeiras chefes-de-família, dos vendedores de pescado ambulantes e dos pescadores. Trata-se de um investimento viável e humanizante”, notou o presidente desta associação, Atlermiro Neves.

As peixeiras, por falta de um espaço adequado, têm estado a exercer a sua atividade nas ruas da cidade do Porto Novo, razão pela qual Atlermiro Neves enalteceu o impacto desta infraestrutura na dignificação, sobretudo, das peixeiras, que têm estado a vender o pescado nas ruas.

O mercado de peixe, que fica na cidade do Porto Novo, está a ser equipado, estando a entrega desta infraestrutura prevista para o dia 27 de Julho.

“Estamos prestes a entregar às nossas peixeiras um bom mercado de peixe, com bancas e câmaras de frio para melhor desenvolverem as suas atividades”, confirmou o vereador da autarquia que responde pelo pelouro de desenvolvimento económico, Valter Silva.

O mercado terá 27 bancas para a venda e tratamento do pescado, além de equipamentos de frio.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest