Bolsa de Valores espera com a plataforma Blue X mobilizar financiamento para o turismo sustentável

A Bolsa de Valores de Cabo Verde (BVC) espera com a plataforma Blue X mobilizar financiamento para o turismo sustentável que se quer em Cabo Verde.

Essa confiança foi manifestada pelo presidente da BVC, Miguel Monteiro, em conversa com a Inforpress à margem do Fórum Mundial sobre Investimento Turístico em África, realizado na ilha do Sal e que contou com a participação de mais de duas centenas de intervenientes do sector turístico.

“Ficamos muito satisfeitos quando aqui ouvimos que o futuro do turismo passa por um turismo sustentável, e que na realidade é do interesse de Cabo Verde manter e ter o seu ambiente conservado. Aqui entra aquela parte que a bolsa tem maior interesse já que brevemente teremos uma plataforma, a Blue X para financiamento de investimentos sustentáveis”, disse.

A plataforma Blue X, segundo Miguel Monteiro, vai estar pronta até ao final deste ano e será a primeira plataforma a nível mundial exclusivamente dedicada a instrumentos financeiros para uma economia azul sustentável.

A implementação desta plataforma está inserida na ambição 2020/30 e no Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável (PEDS), e conta com o apoio e suporte do Governo de Cabo Verde, do PNUD e outros parceiros do Sistema das Nações Unidas.

O projecto, vai ser apresentado na nona edição da Conferência para o Clima e Desenvolvimento na África, que terá lugar este mês, também na ilha do Sal, de 13 a 17 de Setembro.

“A plataforma Blue X estará pronta até ao final deste ano e, naturalmente, que a partir deste ano vamos ter boas novidades para os cabo-verdianos no sentido de conseguirmos, através da plataforma, e de outros meios, financiamentos para projectos hoteleiros também”, disse.

Falando concretamente do fórum, Miguel Monteiro, que participou na qualidade de convidado, declarou-se muito satisfeito com as apresentações e as discussões realizadas, classificando também a iniciativa como “altamente positiva” já que demonstrou a capacidade organizativa de Cabo Verde.

O II Fórum Global de Investimento Turístico em África foi promovido pela Organização Mundial do Turismo (OMT), que quer transformar o continente africano num destino atrativo de investimento.

O evento reuniu, na ilha do Sal mais de duas centenas de participantes, entre ministros do turismo do continente africano, observadores, corpo diplomático, investidores, representantes de instituições financeiras internacionais, altos dirigentes e especialistas de sectores público e privado e demais stakeholders do turismo.

 

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest