Cabo Verde acolhe II Fórum WASAG 2023 sobre escassez de água na agricultura

Cabo Verde acolhe de 07 a 10 de Fevereiro do próximo ano o II Fórum sobre a escassez de água na agricultura, tendo a organização informado que estão abertas as inscrições para participação e submissão de artigos.

De acordo com a nota, o Governo, através do Ministério da Agricultura e Ambiente, em articulação com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e outros parceiros internacionais, promove o II Fórum Internacional sobre o “Quadro Global Sobre a Escassez de Água na Agricultura / The Global Framework on Water Scarcity in Agriculture” (WASAG).

O II Fórum WASAG, avança a nota, constitui uma ferramenta internacional de partilha de conhecimento e tecnologias, que permitem adaptar 2de forma sustentável” o problema da escassez hídrica na agricultura.

O evento, à semelhança do I Fórum realizado em Março de 2019, na Cidade da Praia, tem como objetivo central reunir especialistas mundiais para identificar soluções concretas e inovadoras para melhorar a gestão da escassez de água na agricultura, especialmente na adaptação do sector agrário às mudanças climáticas.

Criado em 2017 pela FAO, o WASAG reúne mais de 60 parceiros, incluindo governos e organizações intergovernamentais, agências da ONU, instituições académicas e de pesquisa, organizações da sociedade civil e do sector privado em todo o mundo, todos comprometidos em identificar e implementar respostas concretas para abordar em conjunto a escassez de água na agricultura, num mundo onde as alterações climáticas são uma preocupação.

Um dos principais objetivos do WASAG é apoiar os governos e as partes interessadas na realização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), mais precisamente no ODS 1 – Erradicar a Pobreza; ODS 2 – Fome Zero; ODS 5 – Igualdade de género; ODS 6 – Água Potável e Saneamento, ODS 12 – Garantir Padrões de Consumo e de Produção Sustentáveis; ODS 13 – Ação Climática, ODS 15 – Proteger a Vida Terrestre e ODS 17 – Parcerias para a Implementação dos Objetivos.

Atualmente, o WASAG trabalha em seis áreas prioritárias, designadamente água e migração, água e nutrição, agricultura salina, uso sustentável da água na agricultura, preparação para secas e mecanismo financeiro para a gestão sustentável dos recursos hídricos.

Inforpress
 
 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us