Campanas de Cima, Chã das Caldeiras e Pai António selecionadas para aldeias turísticas rurais

As comunidades de Campanas de Cima (São Filipe), Chã das Caldeiras (Santa Catarina do Fogo) e Pai António (Mosteiros) foram selecionadas para integrar a lista das aldeias turísticas rurais.

O município de Mosteiros, segundo o seu presidente, Fábio Vieira, foi contemplado com o projeto que submeteu, a localidade de Pai António, nas zonas altas de Mosteiros, e que vai beneficiar de um conjunto de intervenções a nível de habitação e de acessibilidades para melhorar e transformar a comunidade num sítio de interesse turístico.

Igualmente, o município de Santa Catarina do Fogo apresentou a proposta para Chã das Caldeiras, que foi confirmada, enquanto o município de São Filipe submeteu três propostas, nomeadamente de Campanas de Cima, Luzia Nunes e Monte Grande, recaído a escola sobre a primeira localidade, segundo a vereadora do Turismo, Lia Barbosa.

Apesar de estarem em três municípios diferentes, as três aldeias turísticas rurais estão próximas uma das outras, situadas todas na parte alta da ilha.

Com a conclusão da estrada Chã das Caldeiras a Campanas de Cima o problema de acesso fica resolvido e quem fizer o percurso entre as duas localidades poderá efetuar o desvio pedestre para Pai António a partir de Monte Velha.

São todas aldeias com alto potencial económico e turístico, nomeadamente agricultura, vulcão e com paisagens deslumbrantes e a integração na lista de aldeias turísticas rurais.

Com a implementação das aldeias turísticas rurais pretende-se criar um ecossistema que envolva toda a cadeia de valor do turismo, o saneamento, a organização de caminhos, a valorização paisagística e a agricultura.

A sua criação enquadra-se no âmbito do programa Operacional do Turismo em Cabo Verde que propõe a valorização turística e ambiental das localidades a cargo do Fundo do Turismo que visa valorizar as potencialidades económicas das povoações.

Ao todo serão criadas 18 aldeias turísticas rurais nas ilhas do Santo Antão, São Nicolau, Maio, Santiago, Fogo e Brava.

A localidade de Chã das Caldeiras, considerada como uma das zonas mais turísticas da ilha do Fogo, além de ser selecionada para as aldeias turísticas rurais, participou do concurso da Organização Mundial do Turismo que visa selecionar 103 aldeias a nível mundial.

A Câmara Municipal de Santa Catarina já encaminhou o processo de candidatura à agência das Nações Unidas ligada ao turismo mundial para apreciação.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest