CMP assina protocolo com a Câmara de Comércio de Luxemburgo e Cabo Verde para retomar dos laços com a diáspora

A Câmara Municipal da Praia (CMP) assinou hoje com a Câmara de Comércio de Luxemburgo e Cabo Verde um protocolo de cooperação para o retomar dos laços com a diáspora e criação de oportunidades de negócios.

Após o acto da assinatura, que aconteceu nos Paços de Concelho, o edil praiense, Francisco Carvalho, que rubricou o documento, disse que a assinatura desta parceria “extravasa” a área comercial.

“A assinatura deste protocolo extravasa o âmbito comercial por ser um momento de recuperar, reforçar e reiniciar um conjunto de laços com a diáspora cabo-verdiana”, sublinhou Francisco Carvalho, assegurando que a autarquia da Praia vai continuar a valorizar os emigrantes.

“Trata-se de uma perspectiva de valorização porque Cabo Verde vai continuar a ter uma grande dívida com a diáspora e a Praia, como cidade capital, tem que dar exemplo no sentido de absorver aquilo que os nossos emigrantes têm de melhor”, notou.

Para Francisco Carvalho, essa parceria vai trazer novas oportunidades de negócios ao município da Praia e reforçar os laços de cooperação entre Cabo Verde e Luxemburgo.

Por sua vez, o presidente da Câmara de Comércio de Luxemburgo e Cabo Verde, Lino Varela, considerou que com esta parceria se pretende aumentar o leque de oportunidades das empresas cabo-verdianas e às estrangeiras que querem investir no país.

“Depois de algum tempo de negociação chegamos a este acordo que vai nos dar legitimidade em representar a CMP, que, por vez, vai também nos representar em todas as questões negociais dentro do mercado cabo-verdiano”, esclareceu Lino Varela, informando que protocolos similares vão ser assinados com as câmaras de comércio de Sotavento e Barlavento.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest