Formações em nutrição animal e boas práticas no pastoreio arrancaram na ilha de Santo Antão

Os criadores de gado e agricultores de Santo Antão estão, neste momento, a ser capacitados em nutrição animal e boas práticas no pastoreio, no âmbito do projeto sobre sistemas agro-florestais nesta ilha.

A formação em nutrição animal arrancou segunda-feira, com o objetivo de conhecer as necessidades nutricionais do gado caprino e, assim, proporcionar uma alimentação mais adequada para otimizar a produção pecuária, refere uma nota divulgada pelos responsáveis do referido projeto.

Esta capacitação está a ser dirigida pela técnica Mariana Yuan, licenciada em medicina veterinária pela Universidade de Lisboa e com “ampla experiência no bem-estar animal”.

No dia 08 de Julho, inicia-se a formação sobre boas práticas no pastoreio que vai permitir aos criadores de gado e agricultores a adoção de melhores práticas de pastoreio que visem a produção pecuária e a otimização dos recursos naturais, de acordo com os princípios da agro-ecologia.

Esta formação vai estar a cargo do investigador da Universidade de Extremadura e doutor em medicina veterinária, Gonzalo Palomo, que é também educador em gestão holística pelo Instituto Salgado da Espanha.

Estas ações acontecem numa altura em que Santo Antão enfrenta cinco anos de seca, com forte impacto na atividade pecuária.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest