Plano nacional de prospecção de água subterrânea contempla município do Porto Novo com dez furos

O plano nacional de prospeção de água subterrânea, com uma vigência de 12 anos, contempla o município do Porto Novo, em Santo Antão, com dez furos, que serão executados durante o aludido período.

A Informação foi avançada à Inforpress pelo delegado do Ministério da Agricultura e Ambiente no Porto Novo, Joel Barros, que avançou que os serviços que dirige vão agora definir as prioridades, conjuntamente com a Agência Nacional de Águas e Saneamento e a câmara municipal.

A nível do arquipélago, o plano, que já foi publicado no Boletim Oficial, prevê, nos próximos 12 anos, a execução de 120 furos, 17 dos quais na ilha de Santo Antão.

No concelho do Porto Novo, são várias as localidades, cujas populações têm estado a pedir a execução de furos, destacando-se os planaltos Norte e Leste, Alto Mira, Ribeira da Cruz, Chã de Norte e Ribeira Fria.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest