Porto Novo: Agricultores de Ribeira dos Bodes apreensivos com redução do caudal do furo

Mais de duas dezenas de agricultores do perímetro agrícola de Recantinho, na Ribeira dos Bodes, Porto Novo, estão “apreensivos” com a redução do caudal do furo que fornece água a esse perímetro, informou este domingo, 02, o porta-voz dos lavradores.

Henrique da Luz explicou à Inforpress que o caudal do furo em Recantinho tem estado a reduzir nos últimos tempos, deixando “apreensivos” os agricultores que têm a sua atividade em risco.

A atividade agrícola neste perímetro agrícola reduziu, nos últimos tempos, para metade para a aflição dos 25 agricultores que têm parcelas nesse perímetro.

Ribeira dos Bodes dispõe de três furos, localizados nas zonas de Poio, Recantinho e João Bento, que fornecem água para o consumo humano e para a agricultura, atividade que ocupa “dezenas” de famílias.

No caso do furo em Recantinho, os agricultores têm estado a propor a execução de diques a montante para a recarga de água quando chove, sob pena do caudal deste sistema de produção de água continuar a baixar.

Também, nos vales agrícolas de Alto Mira e Ribeira das Patas, os agricultores têm estado a manifestar a sua preocupação face à redução do caudal das nascentes nessa zona, propondo investimentos na prospeção de água subterrânea para suprir a escassez.

O programa de perfuração no município do Porto Novo prevê a execução de 15 furos.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest