Porto Novo: Associação de criadores de gado regozija-se com resolução do problema de água na parte baixa do município

A Associação dos Criadores de Gado do Porto Novo regozijou-se hoje com a resolução do problema de água para a actividade pecuária na parte baixa deste município, mais concretamente em Morro de Tubarão e arredores.

O representante desta associação, Romeu Rodrigues, contactado pela Inforpress, enalteceu o facto de o Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA) ter investido já quase 30 mil contos na resolução do problema de água para a pecuária nessa zona.

O MAA confirmou que, até agora, foram investidos 28 mil contos na resolução do problema de água para a actividade pecuária na parte baixa do município do Porto Novo.

Depois do primeiro projecto na Ribeira de Tortolho, que beneficiou 30 criadores de gado num investimento de 12 mil contos, o MAA já concluiu um segundo projecto de beberamento do gado, desta feita em Morro de Tubarão, contemplando 25 criadores, num investimento de 16 mil contos.

O delegado do MAA, Joel Barros, explicou que este segundo projecto consistiu no reforço de um sistema fotovoltaico, na instalação de uma segunda bomba, na construção de um reservatório de 30 toneladas e na instalação de dois mil metros de rede de adução e distribuição.

Este responsável disse à Inforpress que o MAA espera, ainda este ano, investir mais dois mil contos em mais um projecto na Ribeira de Tortolho, que contemplará 18 criadores nessa zona.

O delegado do MAA assegurou que, com estes investimentos, está estabilizada a situação do abastecimento de água na zona baixa do município do Porto Novo.

Porto Novo dispõe de um dos maiores efectivos pecuários do País, estimando-se que existam neste concelho mais de 25 mil cabeças de gado concentrados sobretudo nas zonas altas (Norte e Sul) e baixa (Morro Tubarão, Ribeira Brava, Ribeira Tortolho e Aureliano).

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest