Porto Novo: Criadores de gado com dificuldades para adquirir água para os animais devido ao preço elevado de transporte

Os criadores de gado na zona baixa do município do Porto Novo estão a ter dificuldades na aquisição de água para os animais, devido ao “custo elevado” do transporte praticado pelos privados, informou hoje a associação da classe.

O representante da Associação dos Criadores de Gado do Porto Novo, Romeu Rodrigues, explicou que “praticamente todos os criadores de gado” estão a ter dificuldades em conseguir “um carro de água”, já que o custo praticado pelos privados é “muito elevado”.

O preço fica três ou mais vezes superior ao preço praticado pelos serviços locais do Ministério da Agricultura e Ambiente, segundo este responsável, que voltou a defender a necessidade de o Governo disponibilizar mais uma viatura autotanque para Porto Novo, com cerca de 500 criadores.

Os serviços deste ministério têm apenas uma viatura para o transporte de água aos criadores e tem-se mostrado “insuficiente”e para responder à demanda, avisou a mesma fonte, para quem Porto Novo precisa de mais um autotanque.

Porto Novo tem um dos maiores efectivo pecuário do País, estimado em 25 mil cabeças de gado.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest