Porto Novo: Serviço Autónomo de Água admite “dificuldades” no abastecimento de água a determinadas zonas

O Serviço de Autónomo de Água no Porto Novo, Santo Antão, reconhece que tem enfrentado “dificuldades” em fazer chegar água a determinadas zonas, como Alto São Tomé e Lajedinho, onde persiste a ausência do líquido precioso.

Através do site da edilidade porto-novense, este serviço admite que “neste momento” tem “dificuldades em fazer chegar água a determinados pontos em Alto São Tomé e Lajedinho”, estando a recorrer, como alternativa, ao abastecimento de água através de autotanques.

No interior do concelho, “quase diariamente” os autotanques do município deslocam-se ao Planalto Norte para levar água às populações, explicou a mesma fonte, realçando o facto de “várias famílias carenciadas” terem sido já apoiadas com ligação de água domiciliária.

Esta medida acontece no âmbito de uma medida do Governo, em parceria com a autarquia, visando “levar água canalizada a todas as zonas e promover o consumo digno deste bem precioso”.

Trata-se de um projecto que abarca as famílias que estão no grupo de pobre e muito pobre, o qual consiste na assunção por parte do Estado do pagamento de dívidas com o consumo de água e ligação domiciliária a esses agregados familiares.

Estima-se que cerca de 1.000 famílias já beneficiaram desta medida no município do Porto Novo.

 

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest