Sal: Agências de viagens com opiniões divididas sobre voos da EasyJet para Cabo Verde

Agências de viagens na ilha do Sal mostraram-se esta quinta-feira, 09, divididas com o anúncio do início de operações da companhia aérea ‘low cost’ EasyJet, que começa a voar para Cabo Verde a partir de 29 de Outubro.

Numa ronda que a Inforpress fez pelas agências de viagens com sede na ilha, foi possível constatar alguma ansiedade face às escassas informações das condições da sua entrada nesta rota, mas também “boas expectativas” por parte de outras.

A responsável pela Agência de Viagem “Malu- Turismo e Serviços”, Hulda Rocha, por exemplo, enalteceu esta iniciativa, justificando que “quanto mais concorrência, melhor porque as tarifas têm tendências a baixar”.

Lembrou também que não apenas os turistas vão tirar proveito desta ligação, mas os próprios cabo-verdianos, “especialmente na época natalícia”.

Hulda Rocha destacou que neste momento as tarifas das companhias que voam para o país “estão bastante elevadas para o bolso dos cabo-verdianos”, pelo que a chegada de uma companhia “low cost” é vista com bons olhos.

Opinião diferente têm de outras agências, que alegam que ainda é cedo para um posicionamento, perante o precoce anúncio das ligações, deixando claro que é necessário fazer outras avaliações a este propósito.

Conforme um destes responsáveis, que preferiu não se identificar, “neste momento estão a pensar apenas em colocar mais turistas na ilha, sem que primeiramente sejam criadas condições básicas para isso”.

A título de exemplo, este mesmo responsável de uma agência em Santa Maria, exemplificou, “as péssimas condições em que encontram as vias que ligam as duas cidades e água e saneamento que deixam a desejar”.

A EasyJet, companhia aérea “low cost”, anunciou, quarta-feira, em Lisboa, o lançamento de uma nova rota para o Sal, a partir de Lisboa e Porto, prevista para iniciar no dia 29 de Outubro.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest