Santo Antão: A demora de chuva em Santa Isabel não deverá comprometer produção de café

A demora na queda de novas precipitações em Santa Isabel e em outras zonas altas da ilha de Santo Antão, pode não comprometer a produção de café, este ano, nessas localidades, acredita a associação local dos agricultores.

O presidente da Associação dos Agricultores de Santa Isabel, Benvindo Melo, explicou que a demora na queda de novas chuvas nas zonas altas desta ilha está a comprometer a agricultura de sequeiro, mas acredita que, quanto ao café, a avaliar pelo estado saliente dos cafeeiros, não terá “muito impacto”.

As culturas do milho, feijões e outras culturas começam a ressentir-se da falta de chuva e a manter-se esta situação por mais algum tempo, aliada ainda ao problema de pragas, a produção agrícola pode ficar comprometida, avançou este responsável, informando, porém, que as plantações de café estão “a aguentar bem e mostram bom aspecto”.

Em Agosto, os produtores do café nas zonas altas da ilha de Santo Antão mostravam-se confiantes numa “boa safra” este ano, graças às “boas chuvas” registadas nessas localidades de clima húmido.

Em 2020, a produção do café nas zonas altas da ilha de Santo Antão, com destaque para Santa Isabel, deixou “satisfeitos” os agricultores, que vinham de três anos de seca.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest