Santo Antão: Consultor avalia impactos dos caminhos vicinais na oferta turística da ilha

A avaliação dos impactos dos caminhos vicinais na oferta turística em Santo Antão constitui um dos propósitos de uma visita que o consultor Gustavo Timo está a efetuar, nesta altura, a esta ilha.

A visita, que visa ainda conhecer a história desses caminhos, construídos ainda na era colonial para circulação de pessoas e escoamento de produtos, insere-se no âmbito do projeto de valorização destas acessibilidades, a cargo do Governo.

Conforme uma nota a que a Inforpress teve acesso, a missão do consultor visa recolher informações que, posteriormente, serão tratadas “para efeitos de comunicação pela função social que muitos dos caminhos vicinais tiveram na circulação de pessoas e no escoamento de produtos”.

“Durante muitos anos, na ausência de estradas e de vias de comunicação carroçáveis, os caminhos vicinais desempenharam um grande papel na ligação entre os concelhos desta ilha”, adianta a mesma fonte, realçando o facto de estas trilhas estarem a ser “utilizadas por um leque cada vez maior e crescente de turistas que procuram Santo Antão para a prática de trekking (caminhadas).

Nesta altura, está a decorrer o projeto de sinalização dos caminhos vicinais que serão recuperados e reabilitados no âmbito de um programa financiado pelo Banco Mundial.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest