Santo Antão receberá central fotovoltaica no quadro do Projecto de Energias Renováveis e Melhoria da Eficiência Energética

Santo Antão é uma das ilhas que vão ser contempladas com a construção de centrais fotovoltaicas no quadro do Projecto de Energias Renováveis e Melhoria da Eficiência Energética em Cabo Verde, que arrancou em Março.

Esta informação consta do Newsletter de Maio da ALER, uma organização não-governamental que tem como missão a promoção das energias renováveis nos países lusófonos, que adianta que, além de Santo Antão, este projecto abarcará ainda as ilhas de São Nicolau, Maio e do Fogo.

O projecto, financiado pelo Banco Mundial, no montante de 16,5 milhões de dólares, e com vigência de cinco anos, prevê ainda a construção de infra-estruturas de interligação das centrais à rede pública, assim como a instalação de sistemas de armazenamento de energia, revela a mesma fonte.

Este projecto, que será encerrado a 31 de Dezembro de 2026, tem como propósito aumentar a produção de energia renovável e melhorar o desempenho do serviço público de electricidade em Cabo Verde, alavancando o financiamento privado.

O enfoque do Projecto de Energias Renováveis e Melhoria da Eficiência Energética se enquadra na promoção da redução da dependência do País face às energias fósseis, a principal fonte de produção de electricidade.

Este projecto, avançou ainda a Newsletter da ALER, prevê a assistência técnica para a reestruturação e privatização do sector eléctrico, nomeadamente, a reestruturação e privatização da Empresa de Electricidade e Água (Electra), com o objectivo de reduzir a carga fiscal do sector energético sobre o sector público e reduzir as perdas do sistema através de uma melhor gestão.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest