São Vicente: Associação de taxistas vai submeter proposta de actualização de tarifas à CMSV

O presidente da Associação dos Taxistas de São Vicente disse hoje que vai submeter uma proposta de actualização das tarifas de táxis à Câmara Municipal de São Vicente devido aos sucessivos aumentos do preço dos combustíveis.

Belarmino Lima disse à Inforpress, no Mindelo, que há muito que a tabela praticada pelos taxistas em São Vicente está desactualizada mas a associação decidiu adiar o pedido de actualização por causa das dificuldades económicas dos seus clientes, impostas pela crise da covid-19.

“Estávamos a ponderar por causa das dificuldades económicas que o povo está a viver, porque quem costuma usar táxis são as camadas mais desfavorecidas. Mas, realmente a maioria dos taxistas quer o aumento, até alguns já estão com preços actualizados e isso está a criar-nos alguns problemas porque a tabela ainda não está aprovada”, afirmou.

No entanto, explicou que com a subida sucessiva dos preços dos combustíveis os taxistas já não podem adiar o aumento das tarifas.

“Com mais esse aumento de combustíveis, neste mês, não sabemos se seremos capazes de aguentar mais. Estamos a estudar uma proposta para entregar ao vereador dos transportes da Câmara Municipal de São Vicente, que vai levá-la até à Assembleia Municipal para análise e aprovação, mas estamos a ponderar para não ser uma subida onerosa para os nossos clientes”, justificou.

Conforme Belarmino Lima a proposta está “praticamente pronta”, mas querem “ouvir a opinião dos taxistas associados” e “ver, no terreno, como as coisas evoluem”.

Os preços do gasóleo e da gasolina aumentaram no início deste mês com subidas de seis e oito escudos por litro, respectivamente, de acordo com a tabela publicada pela Agência Reguladora Multissectorial da Economia (ARME).

Assim, o litro de gasóleo normal passou a ser vendido a 134,50 escudos e a gasolina a 167,10 escudos.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest