São Vicente: Embaixada dos EUA ajuda empresa a “expandir e diversificar” produção de frutas e vegetais

A empresa Agrosoluções, sediada em São Vicente, vai receber cerca de 30 mil contos de um programa dos Estados Unidos da América (EUA) para expandir e diversificar a produção de frutas e vegetais e reduzir a insegurança alimentar. 

O acto de lançamento do projecto ocorre na tarde de hoje, na Ribeira de Vinhas, onde o mesmo será implementado, na presença dos promotores da iniciativa e do embaixador dos Estados Unidos da América em Cabo Verde, Jeff Daigle. 

Trata-se de um programa da embaixada que visa apoiar empresas que empregam mulheres e jovens, no montante global de 2.3 milhões de dólares para “mitigar os impactos” da pandemia da covid-19 no sector privado em Cabo Verde. 

O projecto da empresa Agrosoluções é um dos contemplados e, segundo os promotores, a ideia é criar 41 postos de trabalho, dos quais 60 por cento (%) serão destinados a jovens e mulheres. 

A mesma fonte indicou que o objectivo é a criação de um centro de tratamento pós-colheita, instalação de um parque solar, aquisição de uma unidade dessalinização e a montagem de 20 mil metros quadrados em duas estufas com tecnologia avançada para cultivo de banana e papaia. 

A assinatura do contrato de subvenção ocorre hoje na Ribeira de Vinhas, em São Vicente. 

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest