Taxa de inflação do IPC situou-se em 2,5% em Janeiro de 2022

A taxa de inflação do IPC situou-se em 2,5 por cento (%) em Janeiro de 2022, tendo registado no mesmo período, uma taxa de variação mensal de 0,9%, superior em 0,5 p.p ao registado no mês anterior.

Os dados do índice de preços no consumidor nacional divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), indicam ainda que a taxa de variação acumulada do IPC foi de 0,9 por cento (%), taxa superior em 0,6 pontos percentuais (p.p.) à observada no mês homólogo do ano anterior.

De acordo com o INE, a taxa de variação homóloga do IPC total, no mês de Janeiro de 2022, foi de 6,6%, acelerando 1,2 p.p., em relação ao mês anterior e a variação média dos últimos doze meses foi de 2,5%, valor superior em 0,6 p.p. ao registado no mês anterior.

“O indicador de inflação subjacente (índice total excluindo energia e alimentares não transformados) assinalou uma variação homóloga de 5,4%, valor superior em 1,4 p.p. ao registado em Dezembro de 2021”, segundo avançou a mesma fonte.

O índice de preços no consumidor (IPC) é um indicador que tem por finalidade medir a evolução no tempo dos preços de um conjunto de bens e serviços considerados representativos da estrutura de consumo da população residente em Cabo Verde.

A variação mensal compara o nível do índice entre dois meses consecutivos, enquanto que a taxa de variação homóloga compara o nível do índice entre o mês corrente e o mesmo mês do ano anterior.

Já a taxa de variação acumulada compara o nível do índice entre o mês corrente e o mês de Dezembro do ano anterior.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest