Edilidade do Porto Novo diz que a situação do abastecimento de água no Planalto Norte não é alarmante

O vereador da Câmara Municipal do Porto Novo, Santo Antão, Irlando Ramos informou hoje que o problema do abastecimento de água no Planalto Norte, no interior do município, “não é alarmante”.

Irlando Ramos, que responde pelo pelouro do abastecimento de água, falava à Inforpress a propósito do alerta dado, segunda-feira, pela população do Planalto Norte de que os chafarizes estão sem água já há alguns dias e que as reservas de água nos reservatórios comunitários estão prestes a esgotar-se.

Este autarca confirmou que há cerca de quatro dias que os sistemas de bombagem de água a partir da nascente de Escravoerinhos (Martiene) não estão a funcionar devido ao nevoeiro que se faz sentir no Planalto Norte e não por quaisquer avarias.

Avançou que os sistemas, que funcionam como base em energia fotovoltaica, estão operacionais, mas não conseguem bombear água para os fontanários uma vez que tem havido “pouca produção solar” nesta altura, nesta zona alta.

“Não há avarias. Trata-se de uma situação normal que acontece quando há menos produção solar. Se o tempo melhorar, o problema ficará resolvido porque os sistemas de bombagem estão operacionais”, explicou Irlando Ramos, numa reação à preocupação da população.

O presidente da associação comunitária Luz Verde do Norte, Maduino Lima, informou que os chafarizes no Planalto Norte estão sem água desde sexta-feira, restando alguma disponibilidade apenas nos reservatórios comunitários, que pode esgotar-se ainda esta semana.

A água que chega aos chafarizes no Planalto Norte é bobeada através de sistemas fotovoltaicos a partir de uma nascente nas proximidades do vale de Martiene.

Os sistemas não têm funcionado devido à pouca produção solar por causa do nevoeiro, impedindo assim a bombagem de água para os fontanários que, neste momento, estão sem água.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest