ERIS realiza estudo para avaliar mercado dos dispositivos médicos em Cabo Verde

A Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS) realiza, de hoje a 20 deste mês, um estudo para avaliar o mercado dos dispositivos médicos em Cabo Verde junto dos operadores económicos que se ocupam da importação desses produtos.

O propósito do estudo é, de acordo com uma publicação da ERIS, realizar o diagnóstico sobre o funcionamento atual do mercado de dispositivos médicos, no âmbito das suas atribuições para o sector farmacêutico, especificamente no que respeita aos dispositivos médicos.

O inquérito online será feito junto dos operadores económicos que se ocupam da importação desses produtos para Cabo Verde.

“Os dispositivos médicos constituem produtos farmacêuticos destinados a serem utilizados para fins de diagnóstico ou terapêuticos, cujos principais efeitos pretendidos no corpo humano não sejam alcançados por meios farmacológicos, imunológicos ou metabólicos, assim, diferenciando-os dos medicamentos e outros produtos de saúde”, explica a mesma fonte.

Os resultados do estudo, adianta, serão utilizados para estabelecer as linhas de base para planificar e implementar a regulamentação dos Dispositivos Médicos (DM), tendo em vista um sistema regulatório ajustado à realidade do País.

A Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS) tem por missão, segundo o seu estatuto, contribuir para a proteção da saúde pública e dos interesses do cidadão, assegurando um “elevado” nível de segurança sanitária dos sectores objeto de regulação.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest