Escola Padre Usera recebe exposição de objetos religiosos e trabalhos manuais do antigo Orfanato de São Vicente

A escola Padre Usera, na zona da Pedreira, no Mindelo, inaugurou ontem, dia 10, uma exposição de objetos religiosos e trabalhos manuais feitos no antigo Orfanato Capitão Mota Carmo.

Em declarações à Inforpress, a irmã Leandra Tavares, responsável pela exposição, explicou que a mostra faz parte das atividades comemorativas dos 75 anos da chegada da Congregação das Irmãs do Amor de Deus na ilha de São Vicente.

São trabalhos das antigas alunas e das irmãs e alguns objetos do antigo Orfanato Capitão Mota Carmo, de São Vicente, que as irmãs conservaram até agora, acrescentou.

“A importância desta exposição é realçar o trabalho das irmãs porque nós, como uma congregação feminina, não ensinamos somente a bordar, a fazer rendas ou a costurar.

Quando estamos com as pessoas, jovens, adolescentes ou crianças auxiliamos-lhes e tentamos dar-lhes uma formação integral completa”, explicou Leandra Tavares.

Além desta exposição, uma vigília de oração, que acontece no Sábado, e uma eucaristia, presidida pelo bispo de Mindelo, Dom Ildo Fortes, no Domingo, fazem parte das comemorações dos 75 anos da chegada da Congregação das Irmãs do Amor de Deus, em São Vicente.

A Congregação das Irmãs do Amor de Deus está presente em Cabo Verde desde 1943, sendo que a primeira comunidade foi criada na Ribeira Brava, em São Nicolau. Existe mais uma comunidade no Tarrafal de São Nicolau, outra na zona de Pedreira em São Vicente, e outra na zona de Terra Branca, na cidade da Praia.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest