Federação das Mulheres do PAICV expectante em conseguir maior representação feminina nas autárquicas

A presidente da Federação das Mulheres do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), Paula Moeda, manifestou hoje expectante quanto a maior participação feminina na lista do partido nas eleições autárquicas deste ano.

A pretensão foi manifestada à imprensa, no âmbito do segundo Conselho Nacional da Federação Nacional das Mulheres do PAICV (FNMPAI) realizado hoje na Assembleia Nacional, cidade da Praia.

O encontro, segundo avançou, tem por principais objetivos cumprir os preceitos estatutários, tendo de entre os pontos da ordem do dia, informações gerais, apresentação do relatório de atividades e de contas da FNMPAI 2021/2023, apresentação e aprovação do plano de atividades e orçamento 2024.

“Para além desses três instrumentos nesta reunião vamos também falar sobre um tema de fundo que são as questões autárquicas. Estamos num ano autárquico, e, então, tratando-se de um ano autárquico são grandes os desafios para a nação cabo-verdiana, para o PAICV e para as mulheres do PAICV”, revelou.

Paula Moeda assegurou que o PAICV está a trabalhar e tem expectativas de que vai conseguir ter maior representação de mulheres quer a nível das câmaras municipais, mas também a nível das assembleias municipais.

“Somos um partido aberto, somos um partido que há muito tempo trabalha no sentido de haver a equidade de género, a paridade, e, então, eu acho que no nosso partido não é um tabu, está normalizado e então estamos atentos para que consigamos um melhor número do que nas eleições anteriores”, afirmou.

Segundo acrescentou, a Federação das Mulheres do PAICV está esperançosa de que tudo vai correr bem e que vão conseguir ter mulheres como cabeças de lista nas eleições autárquicas previstas para meados de Outubro e Novembro.

“Nesta reunião vão sair algumas indicações, orientações ao partido e aos órgãos, e estou firme e acredito que teremos números melhores desta vez”, disse, adiantando que os candidatos do partido às autárquicas serão brevemente anunciados.

A presidente do Conselho Nacional desta federação, Arcângela Moreira, por sua vez, reforçou que é intenção do partido aproximar cada vez mais mulheres no PAICV no sentido de continuarem a dar um melhor contributo no futuro para Cabo Verde no seu todo.

“Esperamos que o PAICV possa apresentar pelo menos 50 por cento (%) das mulheres nas listas das autárquicas porque elas, assim como os homens, estão sempre preparadas para tudo”, concluiu.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest