Filipe Nascimento diz ter conseguido maioria qualificada na eleição regional do Príncipe

O presidente do Governo regional do Príncipe, em São Tomé e Príncipe, disse ter sido reeleito no cargo, depois do seu partido, União para Mudança e Progresso do Príncipe (UMPP), ter conseguido uma maioria qualificada na eleição regional realizada neste domingo, 25.

Filipe Nascimento revelou que “de acordo com os resultados preliminares, a UMPP venceu as eleições e obteve uma maioria qualificada de dois terços dos deputados – dos nove temos seis”.

Apesar da Comissão Eleitoral Nacional (CEN) não ter revelado os resultados parciais, pelo menos até às 23 horas locais, Nascimento agradeceu os eleitores e a equipa do gabinete de campanha, no seu discurso de vitória.

“Juntos com as deputadas e deputados, com a vossa força, vamos estar na Assembleia Regional a defender a autonomia, a defender as medidas que temos no manifesto eleitoral e a trabalhar para um desenvolvimento harmonioso, sustentável e para o bem-estar de toda a população da ilha do Príncipe”, assegurou Nascimento, acrescentando que “na ilha do Príncipe, a população disse claramente que é preciso colaborar com o Príncipe, o Governo regional e a Assembleia Regional, para o bem da nossa população”.

O presidente do Governo regional enfatizou que acabou a campanha , que vai trabalhar para todos, e, sem revelar numeros da eleição legislativa, disse que vai “respeitar e aguardar serenamente para saber qual foi a opção da população” e que vai “trabalhar em cooperação leal com quem o povo ao nível nacional escolher para governar”.

Depois de ter assumido o Governo regional em 2020, quando o então presidente José Cardoso Cassandra, deixou o cargo, Filipe Nascimento encarou agora a sua primeira eleição.

Formado em direito, trabalhou na Câmara Municipal de Oeiras, em Portugal, antes de regressar a São Tomé e Príncipe em 2019.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us