Fogo: São Filipe com 40 casos activos, menos 15 que na semana anterior – delegada Saúde

O município de São Filipe contabiliza neste momento um total de 40 casos activos da covid-19 disseminados por 16 comunidades, de entre bairros da cidade e comunidades do interior, menos 15 que na semana anterior.

Na semana que terminou domingo, 09 de Maio, no universo de 435 amostras de contactos directos e indirectos dos casos positivos analisados foram contabilizados um total de 40 casos da covid-19, representando uma taxa de positividade de 9.2 por cento (%), estando pendentes neste momento sete amostras, segundo a delegada de Saúde de São Filipe, Joana Alves.

 

Dos casos activos, constam crianças, jovens e pessoas idosas com algumas comorbidades, algumas das quais com sintomas leves, sendo o mais velho um individuo de 99 anos que neste momento está assintomático, segundo informações da delegacia de Saúde de São Filipe.

 

Um dos casos activos é uma pessoa que tinha contraído a covid-19 no ano passado e voltou a reinfectar através de um contacto tido na Cidade da Praia.

 

Na reunião semana da equipa de “task-force” de combate a pandemia da covid-19, Joana Alves avançou que os casos estão distribuídos por Santa Filomena (sete), Lém (cinco), Cabeça Monte (quatro), Achada Mentirosa, Vicente Dias, Cobom e Congresso (três cada), Achada São Filipe e Luzia Nunes (dois cada) e Forno, Xaguate, Patim, Pé de Campo, Culumbia, Montinho e Curral Grande (um caso cada).

 

Para as autoridades sanitárias, a redução dos casos é o resultado dos trabalhos de terreno, mas defendem o reforço da fiscalização, sobretudo das pessoas infectadas que não estão a cumprir o isolamento domiciliar, sobretudo por parte das crianças e dos jovens, apesar do insistente apelo dos responsáveis da Saúde.

 

No último fim-de-semana a equipa de fiscalização vistoriou cerca de uma dezena de estabelecimentos nocturnos e mandou encerrar um dos espaços, por um período de cinco dias, por não respeitar as medidas sanitárias em vigor.

 

Ao todo a ilha contabiliza neste momento 51 casos activos, sendo 40 no município de São Filipe, seis nos Mosteiros e cinco em Santa Catarina do Fogo.

 

Neste momento a ilha do Fogo, conta 2.238 casos acumulados da covid-19 desde o surgimento do primeiro caso a 17 de Agosto de 2020, sendo Santa Catarina com 157 casos acumulados, Mosteiros com 441 e São Filipe com 1.640 casos e 2.177 recuperados sendo Santa Catarina com 151, Mosteiros 434 e São Filipe 1.592, e sete óbitos, cinco em São Filipe e um nos Mosteiros e um em Santa Catarina.

 

Com relação à vacina a delegacia de Saúde de São Filipe já vacinou perto de 800 idosos, na sua maioria com mais de 65 anos, alguns dos quais nos seus respectivos domicílios, o que corresponde a uma taxa de 50 por cento dos idosos com mais de 60 anos, já que os dados estatísticos apontam que o município tem entre 1.600 a 1.800 pessoas com mais de 60 anos.

 

Joana Alves disse que a delegacia de Saúde recebeu no fim-de-semana mais 200 doses de vacinas, enquanto Mosteiros e Santa Catarina foram contemplados com 100 doses cada, totalizando mais 400 doses para a ilha do Fogo.

 

A delegada de Saúde de São Filipe indicou que há muita procura por parte de pessoas com idade superior a 60 anos, mas que neste momento a indicação é para vacinar as pessoas com mais de 65 anos.

 

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us