Fogo: Assembleia-geral eletiva de novos órgãos sociais da ARFF calendarizada para 15 de Outubro

 Os novos órgãos sociais da Associação Regional de Futebol do Fogo (ARFF) serão eleitos no próximo dia 15 de Outubro, em assembleia-geral eletiva convocada para o efeito.

A fixação da data, segundo o presidente da Mesa da Assembleia-geral, Euclides Fernandes, foi decidida no último sábado durante uma assembleia convocada para definir o calendário para eleição dos novos órgãos sociais, assim como a fixação do prazo para formalização das candidaturas e aprovação do regulamento eleitoral.

O prazo para a formalização das candidaturas e apresentação das listas é até ao dia 12 de Outubro, tendo sido estabelecido um prazo de 24 horas para a comissão eleitoral pronunciar-se sobre eventuais irregularidades, que devem ser supridas igualmente no prazo de 24 horas.

As listas de candidaturas só são admitidas se acompanhadas de candidaturas a todos os órgãos estatutários, nomeadamente, assembleia-geral, direção, conselho de arbitragem, conselho fiscal, conselho jurisdicional, conselho de disciplina e conselho técnico, num total de 27 pessoas.

As listas devem ser acompanhadas da declaração de cada candidato, manifestando a aceitação da candidatura e compromisso de que preenche as respetivas condições de elegibilidade, devidamente identificados.

A apresentação da candidatura será feita através do suporte digital e além dos integrantes e suplentes, deve indicar o mandatário.

Em caso de empates entre duas ou mais candidaturas, fica em vantagem a candidatura que apresentar a lista em primeiro lugar.

O atual presidente da direção da ARFF, Pedro Pires, cujo mandato aspirou há alguns anos, mas que devido a situação da pandemia viu o mandato revogado, já manifestou a sua disponibilidade para recandidatar-se para o cargo que ocupa, continuando assim a dar o seu contributo para o desenvolvimento do futebol na ilha do Fogo.

O antigo árbitro de futebol, João Domingos, utilizou as redes sociais, para na véspera da realização da assembleia-geral que fixa a data para as eleições na ARFF, anunciar a sua candidatura à presidência da direção da Associação.

Na sua publicação, João Domingos, afirma que pretende formar uma equipa “forte, com qualidade e determinação”, sublinhando que tem “bagagem muito forte para o bem do futebol foguense”.

Assim sendo, neste momento há duas candidaturas perfiladas, a de Pedro Pires e a de João Domingos, mas um antigo jogador de futebol está a equacionar a possibilidade de candidatar-se à presidência da ARFF.

Ao todo estão inscritas na Associação Regional de Futebol do Fogo vinte e duas equipas, sendo dez do primeiro escalão e 12 do segundo escalão e são os seus dirigentes que vão escolher os novos órgãos sociais da ARFF, sendo que cada equipa pode participar na assembleia-geral eletiva com três dirigentes, mas tem direito a um único voto.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us