Grupo de Apoio Orçamental (GAO) em Cabo Verde para avaliação macroeconómica

O Grupo de Apoio Orçamental (GAO), liderado pelo Banco Mundial (BM), iniciou hoje mais uma missão de avaliação a Cabo Verde, para, entre outros objetivos, analisar a conjuntura macroeconómica fiscal e financeira, e progressos alcançados na implementação das políticas.

Conforme uma nota de imprensa do Ministério das Finanças, a missão deve avaliar também os avanços nas reformas dos sectores que contribuem para a protecção social e redução da pobreza, nomeadamente a energia, a economia azul, a saúde, o emprego e empregabilidade, a segurança, a defesa, a justiça, a administração interna, a acção climática, a conectividade, a administração pública e a governação electrónica.

O Grupo de Apoio Orçamental é liderado pelo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) e constituído por seguintes parceiros: Luxemburgo, União Europeia, Espanha, Portugal e o Banco Mundial.

A abertura oficial será co-presidida pelo vice-primeiro-ministro, ministro das Finanças e do Fomento Empresarial, Olavo Correia, e pelo director da Governação do BAD, Kevin Lumbila.

A missão decorre de 17 a 24, sendo que o balanço será apresentado, em conferência de imprensa, agendada para o último dia, às 16:30 na sala de conferências do Ministério das Finanças.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest