Histórico: Bayer Leverkusen é campeão da Bundesliga

A equipa de Xabi Alonso conquista pela primeira vez o título alemão, a cinco jornadas do fim. O Leverkusen recebeu e venceu o Werder Bremen por 5-0, e soma agora 43 jogos consecutivos sem perder.

É o fim de uma era no futebol alemão e o nascer de um novo campeão.

A equipa da BayArena recebeu e venceu o Werder Bremen por 5-0 e selou o primeiro título de campeão da história do clube.

Festa, vitória e consagração

O ambiente de celebração fez-se sentir muito antes da bola rolar na BayArena. Muitos milhares de adeptos encheram os arredores da cidade de Leverkusen com as cores tradicionais do clube (vermelho e preto), naquela que foi uma pré-festa de campeonato.

Fundado a 1 de julho de 1904, o Bayer Leverkusen conta apenas com três títulos oficiais no museu: Campeão da 2ª Bundesliga (1978/79), Taça UEFA (1987/88) e Taça da Alemanha (1992/93).

No ano em que celebra 120 anos de história, o Leverkusen pode dobrar o número de títulos. Com a Bundesliga agora conquistada, vai ainda disputar a final da Taça da Alemanha (vs. Kaiserlauten) e está em vantagem na primeira mão dos quartos de final da Liga Europa (2-0 vs. West Ham).

Neste jogo do título, o Bayer Leverkusen recebeu e venceu o Werder Bremen por 5-0. Victor Boniface abriu caminho para o título aos 25 minutos, da marca de grande penalidade. Já na segunda parte, Xhaka fez o 2-0 e Florian Wirtz fez um “hat-trick”.

3-4-2. 5-3-2. 3-5-2. 5-2-3? Adversários ainda estão para perceber

A 5 de outubro de 2022 Xabi Alonso anunciado como novo treinador do Leverkusen, após a demissão de Gerardo Seoane. A equipa estava no 17º lugar, com apenas cinco pontos em oito jornadas. Zona de descida. No final da época, conseguiu escalar até ao 6º lugar, qualificando-se para a Liga Europa.

Para 2023/24, três contratações, mas quatro reforços. No verão, entraram Grimaldo, Shaka e Boniface. O quarto reforço: Florian Wirtz. Depois de ter estado praticamente uma época sem jogar devido a lesão, o prodígio alemão voltou a agarrar a comisola 10 e foi o co-piloto perfeito para o comandante desta viagem histórica, Xabi Alonso.

“Os Asas”

Jeremie Frimpong e Alejandro Grimaldo foram os responsáveis por grande parte dos momentos de desequilibrio no último terço. Juntos, somam 49 participações para golo deste Bayer Leverkusen 2023/24. Velocidade, posicionamento, assistência e até finalização. Frimpong e Grimaldo fizeram uma dupla quase perfeita e indomável.

Defesa (com bola) e âncora (s)

Criticado até agora, Jonathan Tah foi a grande revelação da defesa do Leverkusen. Muitas vezes adjetivado como jogador de ritmo lento e fraco posicionamento, hoje, voltou à seleção alemã. Cresceu na bola parada, aumentou a intensidade e ganhou saída com bola. Culpa? Do treinador. Tapsoba e Kossounou, ágeis, rápidos e com criatividade, completaram muito bem a ideia de jogo: Sair de trás curto e apoiado.

Palacios e Xhaka formaram uma dupla de combate, coração, pulmão e criatividade. Andrich foi sempre um jogador de recurso altamente rentável.

Avançado completo

Victor Boniface, reforço proveniente do Royale Union (20 milhões de euros). O avançado nigeriano falhou três meses do campeonato devido a lesão. Ainda assim, soma 11 golos em 18 jogos na Bundesliga e 18 golos para todas as competições. A sua mobilidade permitiu-lhe muitas vezes atacar pelos corredores (esquerdo e direito) e claro, no corredor central, onde combinou muitas vezes com o homem que mencionamos a seguir.

8.10. Falso 9. Extremo, avançado interior, completo

Florian Wirtz, o “herdeiro” do último terço do Leverkusen após a saída de Kai Havertz (2020). Com 20 anos, 1.77cm, joga com os dois pés e faz os adeptos gritarem “olé, olé”. 11 golos, 10 assistências e tanto futebol nos pés. Depois de ter feito apenas 17 jogos na época passada, Wirtz recuperou da lesão e veio para comandar esta equipa dentro do campo.

Xabi Alonso

Não há adjetivos para descrever a caminhada de Xabi Alonso. Como jogador, ganhou tudo e não precisa de apresentação. Como treinador, ainda agora começou e incutiu um estilo, ritmo e beleza de jogo no Leverkusen inigualável no futebol alemão. É a grande figura desta equipa campeã em 2023/24 e quando todos pensavam que iria sair pela porta grande no final da época, chocou meio mundo e afirmou: “Vou ficar”!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest