ICCA realiza colónia de férias para crianças vulneráveis em Santa Catarina do Fogo

A delegação do Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA) realiza uma colónia de férias para 40 crianças vulneráveis das comunidades de Achada Furna, Cabeça Fundão e Chã das Caldeiras, do município de Santa Catarina do Fogo.

A atividade, que se realiza em parceria com o Parque Natural do Fogo e Projeto Amor FATI, tem a duração de 40 dias e decorre na localidade de Chã das Caldeiras desde o dia 18 de Julho.

A delegada do ICCA para a região Fogo/Brava, Samira Teixeira disse que a colonia de férias tem como foco principal a eliminação do trabalho infantil, sublinhando que um dos meios para combater esse mal social é apostar na diversidade de atividade lúdico-pedagógico, porque, explicou, o ICCA acredita que é uma ferramenta importante para o desenvolvimento pessoal, social e intelectual nesta faixa etária.

Com a colonia de féria o ICCA e seus parceiros pretendem sensibilizar a sociedade civil sobre a problemática do trabalho infantil e mobilizar os parceiros a colaborar com o projeto para que se possa concretizá-lo com sucesso.

Além de proporcionar às crianças e adolescentes atividades lúdico-pedagógicas que contribuem para o seu desenvolvimento socioeducativo, com a colônia de férias pretende-se promover uma diversidade de tarefas extraescolares, incutir a necessidade da proteção do meio ambiente, ensino das línguas estrangeiras, desenvolver capacidade intelectual, fomentar as relações interpessoais e de amizade.

Exibição de filmes educativos, palestras sobre “meio ambiente” e “direitos e deveres das crianças e adolescentes”, jogo de risco sobre o Parque Natural do Fogo, ateliê sobre “proteção contra o trabalho infantil” e “proteção à criança e adolescente contra abuso e exploração sexual”, feira dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS), campanha de limpeza à entrada do Parque Natural, clube de francês, realização de trabalhos manuais, jogos dinâmicos, visita de estudo ao perímetro florestal de Monte Velha, constam da programação da colonia de férias.

Recorde-se que, no âmbito da eliminação do trabalho infantil das crianças dessas comunidades, a câmara de Santa Catarina do Fogo, em parceria com a coordenação do Parque Natural do Fogo (PNF), delegação do ICCA e um jovem de Chã das Caldeiras, pretende realizar um projeto para ocupar as crianças, denominado “Projeto Amor Fati”.

A ideia do projeto social “Amor Fati”, segundo explicou o presidente da câmara de Santa Catarina do Fogo, Alberto Nunes, é criar um plano emergencial para tirar as crianças da situação de venda de produtos e de pedir dinheiro aos visitantes, através da criação de dois centros de produção e comercialização de produtos de artesanato, sendo um em Cabeça Fundão e outro em Chã das Caldeiras.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest