JMN destaca “áreas importantes” da nova estrutura governamental que reflectem a estratégia e prioridades para a legislatura

O ex-primeiro-ministro, José Maria Neves, destacou hoje o fomento empresarial, a transição digital, a inclusão social, a coesão territorial, as comunidades, a economia agrária e o mar, como áreas importantes da nova estrutura governamental.

José Maria Neves, que é candidato a Presidente da República, numa análise na sua página de Facebook, sobre o anúncio do primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, do formato do novo Governo, disse que essas áreas reflectem a estratégia e as prioridades para a legislatura que agora começa.


Realçou também a recriação do Ministério das Comunidades, “tendo em atenção” a dimensão política e estratégica da diáspora no processo global de desenvolvimento sustentável de Cabo Verde.


“Tenho defendido que a diáspora não pode ser um mero apêndice das relações exteriores”, explicou.


Em linhas gerais, José Maria Neves frisou que Ulisses Correia e Silva apresentou outras prioridades, designadamente a vacinação massiva da população, dentro da estratégia de combate à pandemia e da retoma da economia.


“Na verdade, a vacinação, os investimentos na saúde e na educação, a retoma de investimentos públicos e privados e o fomento empresarial, a criação de empregos e o combate à pobreza e às desigualdades são desígnios nacionais que devem concitar o mais amplo consenso político e social”, pode-se ler no seu post.


Por outro lado, felicitou o primeiro-ministro e o novo elenco governamental, desejando-lhes sucessos no desempenho das suas “mais elevadas funções para o bem de Cabo Verde”.


Assinalou ainda que na Presidência da República irá trabalhar em estreita cooperação estratégica com o Governo, para garantir o equilíbrio e a estabilidade institucional e construir os consensos sobre os principais desígnios nacionais.


“O presidente não é oposição ao Governo, mas também não é seu porta-voz. Serei, todavia, um presidente atento, que aconselha, sugere e adverte quando necessário”, ressaltou, sublinhando que será um presidente que articula a construção de consensos e apoia na busca de caminhos para a sua concretização.


Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest