Legislativa 2021/Sal: MpD leva “mensagem de verdade” à zona de África 70 e pede “mais cinco anos de confiança”

A caravana do Movimento Para a Democracia (MpD) esteve no final de quarta-feira, 07, na zona de África 70, nos Espargos, a exortar os moradores para “mais um voto de confiança” e uma “oportunidade para a continuidade”.

“Nós queremos passar a mensagem de verdade, sobre o que temos feito até agora e como cumprimos os nossos compromissos. Queremos mostrar que nós não falhamos com eles e preconizar novas propostas para os próximos cinco anos”, explicou à imprensa a cabeça-de-lista pelo círculo eleitoral do Sal.

Janine Lélis e comitiva desejam que esta “mensagem de verdade” passe a todos os salenses, pois, segundo sustentou, está “aos olhos de todos” as provas do cumprimento do seu partido, liderado por Ulisses Correia e Silva.


“Queremos passar esta mensagem a todas as pessoas. Hoje vamos estar aqui e nos próximos dias vamos estar em outras zonas, será sempre a nossa mensagem final, porque é uma mensagem de verdade”, precisou a candidata, uma mensagem, continuou, que “todos que saem às ruas podem ver e confirmar”.


Segundo a mesma fonte, a requalificação urbana, “que existe”, é resultado do Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidades (PRRA), parceria entre o Governo e a câmara municipal.


A cabeça-de-lista do MpD pelo círculo eleitoral do Sal considerou ainda que o percurso na campanha, da parte da lista que encabeça tem sido “sereno”, mas com um foco central na continuação deste caminho e na materialização de projectos que ainda não estão concluídos.


“Não é discurso, não é conversa, é a realidade, e é por isso que estamos a fazer uma campanha serena, pois, realmente quando não cumprimos, o trabalho é difícil, mas, quando temos a certeza de que honramos com as nossas palavras e com os nossos compromissos, a única coisa que pedimos às pessoas é a continuidade da confiança em Ulisses Correia e Silva”, concretizou Janine Lélis.


A candidatura do MpD no Sal tem apostado em realizar uma campanha porta-a-porta agregando outras iniciativas, como arruadas e comícios limitados, de forma a respeitar as regras de distanciamento físico e de cidadania.


Às legislativas do dia 18 para eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.


PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).


As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.


Inforpress/Fim

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest