Legislativas 2021/Boa Vista: Armelindo Nascimento lamenta resultado da UCID mas promete continuar a lutar pela ilha

Legislativas 2021/Boa Vista: Armelindo Nascimento lamenta resultado da UCID mas promete continuar a lutar pela ilha

O director de campanha da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID), Armelindo Nascimento, lamentou ter falhado o objectivo para Boa Vista, que seria eleger um deputado, mas prometeu continuar a lutar para a resolução dos problemas da ilha.

“Há que se destacar o facto de o partido conseguir eleger deputados noutros círculos eleitorais”, disse, sob a garantia de que “os eleitos continuarão a lutar no parlamento até que o Governo venha resolver os problemas da Boa Vista”, tendo em conta que, ao seu ver, a ilha da Boa Vista tem sido “esquecida pelos sucessivos Governos”.

Armelindo Nascimento disse acreditar que “daqui a cinco anos” o partido voltará a candidatar-se, porque o que almejam “é o equilíbrio parlamentar” e que a ilha da Boa Vista “não pode ficar para trás”.


O director de campanha do partido “agradeceu a todos que apostaram na UCID, pelo voto de confiança, e prometeu “ficar de olhos no que o Governo poderá vir a fazer caso não vierem resolver as promessas que comprometeram”.


A ilha da Boa Vista tinha inscrito 7.856 eleitores, distribuídos por 27 mesas de voto, menos seis mesas do que nas autárquicas de 2020. Cerca de 4.785 pessoas foram ás urnas, 2.022 votaram no MpD (42.3%), o PAICV conseguiu 1.950 (40.8%), e 459 (9.6%) pessoas votaram na UCID, enquanto que o PP obteve 134 votos (2.8%).


A taxa de abstenção é de 39.1%, ou seja, a 3.071 não foram as urnas, houve 163 votos nulos (3.4%), e 57 brancos (1.2%). O MPD e o PAICV elegeram um deputado cada.

Às legislativas de domingo, 18, para eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorreram seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.


PAICV, MpD e UCID concorreram em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).


As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

 

Inforpress/Fim

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest