Legislativas 2021/ Santiago Sul: PAICV culpabiliza Governo do MpD pelo “aumento de insegurança”

A candidatura do Partido Africano de Independência de Cabo Verde (PAICV) pelo círculo eleitoral de Santiago Sul denunciou hoje aquilo que classifica de “aumento de insegurança” na Cidade da Praia, e culpabiliza o Governo do MpD pela situação.

A denúncia foi feita pelo candidato da lista Carlos Gabriel Fonseca, conhecido como DJ Pensador, durante uma visita ao bairro de Achadinha, segundo bairro mais populoso da Cidade da Praia, tendo afirmado que a insegurança nesse bairro, de onde é natural, está num nível “a ponto de impedir o desenvolvimento de actividades económicas”.

“Temos muitos comerciantes que querem expandir os seus negócios, mas estão com receio devido à insegurança. Na Achadinha, nos últimos cinco a insegurança aumentou a tal ponto de as 19:00 as pessoas terem medo de sair para comprar uma garrafa de água. Todos dentro de casa com medo de ser atacado”, relatou.


Na sua perspectiva, esta situação se deve “à fraca aposta” na juventude e nos jovens, nos últimos anos, ficaram “à mercê da sua sorte e enveredaram para o mundo do crime”, devido às circunstâncias da vida.


“Estamos cientes de que alguns jovens tiveram acesso à formação, mas nós defendemos que antes de dar uma formação a um jovem é necessário ver a sua aptidão. Não podemos dar a um jovem uma formação na área de canalização se ele tem jeito com a mecânica. Portanto acho que é isso que está a falhar”, anotou


Por outro lado, salientou que há promover a inclusão dos jovens no mercado de trabalho e incentivar e apoiar os jovens a apostarem no auto-emprego, mas num cenário de pouca burocracia, que afirma, tem levado a muita desistência.


“A partir do momento em que ajudarmos os jovens a criarem suas empresas, estaremos a combater o desemprego, porque cria emprego para ele e para outros e também estaremos a combater a criminalidade porque muitos jovens que estão na criminalidade não é porque querem”, explicou.


A cultura é outro caminho apontado por Carlos Gabriel Fonseca para tirar os jovens do mundo do crime.


Neste sentido indicou que na plataforma do PAICV há projectos para criar escolas de música e reactivação de um estúdio equipado no edifício do mercado, que há mais de cinco anos e encontra-se fechado, para dar aos jovens a oportunidade de descobrir os seus talentos e assim poderem associar-se os seus nomes grandes nomes da cultura nascidos na zona de Achadinha.


O candidato do PAICV pediu um voto no projecto “Um Cabo Verde para todos”, liderado por Janira Hopffer Almada, para levar “o melhor” para Achadinha, Santiago Sul e Cabo Verde.


Às legislativas do próximo domingo para eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos.


O PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).


As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.


Inforpress/Fim

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest