Legislativas 2021/Santiago Sul: Partido Popular acusa Governo de enganar os cabo-verdianos

A candidata do Partido Popular (PP) às legislativas de 18 de Abril, em Santiago Sul, acusou hoje o Governo de enganar os cabo-verdianos e de criar expectativas aos jovens, ao prometer criar 45 mil postos de trabalho.

 

A segunda da lista do PP, para o círculo eleitoral Santiago Sul, Guilhermina Araújo, considerou que, para além de não ter investido em sectores chaves e cruciais, como habitação social, pescas, agricultura, água, o executivo de Ulisses Correia e Silva iludiu os cabo-verdianos durante os cinco anos de mandato.

 

O candidato lembrou que o actual Governo prometeu melhorar as condições dos transportes marítimos e aéreos a nível nacional e internacional e trabalhar para melhorar a vida dos cabo-verdianos dos jovens.


“Os cidadãos estão ansiosos e à procura de algo melhor, temos jovens com vontade de estudar e não têm uma bolsa de estudos e hoje em dia os jovens entram na prostituição cada vez mais cedo”, apontou a candidata que pediu “um basta” à situação reinante.


Perante estas e outras situações, Guilhermina Araújo apelou a todos os jovens, mesmo aqueles que estão desiludidos e desapontados com o Governo, a não se deixarem enganar mais, sendo que são eles que irão governar o país no futuro.


O PP alerta os jovens a ficarem mais atentos, para não deixarem levar pelas promessas que o Governo continua a fazer durante as acções de campanha.


“Pedimos aos cabo-verdianos, jovens, idosos e adultos, a darem um voto de confiança ao Partido Popular, para que possa ser a voz e vez dos cabo-verdianos no Parlamento”, referiu a candidata que disse que está em jogo o futuro do país e dos jovens.


A caravana do Partido Popular continua esta tarde com mais uma acção de campanha porta-a-porta, na localidade de Ribeira da Barca.


O Partido Popular de Cabo Verde concorre pela segunda vez às eleições legislativas no país, tendo-se candidatado aos círculos eleitorais de Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista, Américas, África Europa e resto do mundo.


às legislativas do dia 18 de Abril para eleição de 72 deputados, em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.


PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).


As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.


Inforpress/Fim

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest