Legislativas 2021/Santo Antão: “Estrada para Dominguinhas será uma responsabilidade do próximo governo do PAICV” – Rosa Rocha

A construção da estrada para Dominguinhas, em Alto Mira, no concelho do Porto Novo, será “uma responsabilidade do próximo Governo do PAICV”, promete a cabeça-de-lista do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) em Santo Antão.

Rosa Rocha, de visita a Alto Mira, disse que o Governo do MpD prometeu a estrada para Dominguinhas, mas foi “incapaz”, nesses cinco anos, de concretizar o projecto, que, afiançou, será agora “uma responsabilidade do próximo governo do PAICV”.

“O MpD abandonou Alto Mira, não implementou a estrada de Dominguinhas como tinha prometido. O MpD não foi capaz de construir 100 metros de estradas em Alto Mira”, notou a cabeça-de-lista, que disse acreditar que os eleitores desse vale saberão “avaliar e reconhecer” os investimentos levados a cabo pelo PAICV, enquanto esteve no poder.


O PAICV, segundo Rosa Rocha, até 2016, realizou “obras estruturantes” em Alto Mira, destacando o ordenamento dessa bacia hidrográfica e a construção estrada para o segundo povoado, razão pela qual espera “uma avaliação positiva” deste partido, por parte dos habitantes dessa localidade.


Para a candidata a deputada do PAICV, Santo Antão “está a precisar de uma mudança, de uma nova esperança e de um governo sério”, que trabalhe “durante cinco anos e não nos últimos três meses que restam do mandato”.


Em Alto Mira, o PAICV promete investir na agricultura, na melhoria das acessibilidades, no fomentar o turismo de habitação e na transformação agro-alimentar.


A candidatura do PAICV esteve, também, em Chã de Pedras, no concelho da Ribeira Grande, onde prometeu, além de melhorar os caminhos vicinais, ainda “criar todas as condições” para dar continuidade à estrada de penetração desse vale, para desencravar os povoados de Pia de Cima e Fajã de Barreira.


Albertino Mota, integrante da lista dos candidatos deste partido neste círculo eleitoral, disse que os habitantes de Chã de Pedras clamam por “uma estrada em condições”, para desencravar todo esse vale, que precisa ainda de um projecto de ordenamento.


“Há necessidade de se investir, seriamente, no ordenamento da bacia de Chã de Pedras”, notou este candidato, segundo o qual o PAICV, caso vença as eleições deste domingo, apostará ainda na instalação de teleféricos comunitários em Santo Antão, para facilitar o escoamento de produtos.

Às legislativas do dia 18 para eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.


PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).


As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

 

Inforpress/Fim

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest