Maioria dos residentes de Kiev volta a ter água e luz

A maioria dos residentes de Kiev voltou a ter acesso ao fornecimento de energia eléctrica e a outros serviços básicos, assegurou hoje a administração militar da capital ucraniana.​​​​​​

“Na capital, a electricidade, a água, o aquecimento e as comunicações foram quase totalmente restabelecidos”, informou a instituição através da respectiva conta na rede social Telegram.

“Tudo funciona normalmente. Só há poucas situações de emergência, que estão localizadas”, informou a administração militar, referindo que as obras de reparação da rede estão na sua “fase final”.

A notícia chega num dia em que é esperada a queda de neve em Kiev e que as temperaturas baixem até aos dois graus Celsius negativos durante o dia e cinco graus Celsius negativos à noite.

Em 23 deste mês, a onda de ataques russos à infra-estrutura de energia ucraniana causou apagões generalizados em todo o país, já que a rede eléctrica sofreu grandes danos e a maioria das centrais teve de ser desligada.

O abastecimento foi gradualmente restabelecido nos últimos dias, mas o Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, reiterou na noite de sábado o apelo para que os cidadãos economizem energia.

Em 14 regiões do país ainda existem restrições, que atingem pelo menos 100 mil consumidores em cada uma delas, acrescentou Zelensky.

O abastecimento de energia eléctrica também foi restabelecido na cidade de Kherson, no sul do país, que ficou sem serviços básicos após a retirada russa em 09 de Novembro.

O chefe da administração militar regional, Yaroslav Yanushevich, anunciou no sábado que a principal estação de tratamento de esgotos e outras instalações já possuem electricidade.

“A seguir, a electricidade será gradualmente fornecida às áreas residenciais da cidade. Isso acontecerá nos próximos dias”, assegurou.

Inforpress/Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest