Mané Trovoada e Fidel Mendonça “de mãos dadas” com edilidade da Boa Vista para reerguer modalidade

O treinador e o antigo capitão da seleção nacional de basquetebol, Manuel Trovoada e Fidel Mendonça, respectivamente, encontram-se na ilha a convite da autarquia para conversas motivacionais com alunos, visando incentivar e reerguer a prática da modalidade.

Os dois homens do desporto nacional e, particularmente do basquetebol, estiveram hoje no liceu da ilha, onde iniciaram conversas motivacionais com alunos, actividade que será repetida na sexta-feira de manhã, no mesmo estabelecimento escolar, para no período da tarde cumprirem o mesmo programa na Escola Mercedes.

O evento enquadra-se na programação da edilidade local para comemorar o Dia Nacional do Desporto, que se assinala no segundo domingo de Novembro, 12.

Conforme o director do desporto da Câmara Municipal da Boa Vista, Eldon Lopes, a edilidade local decidiu formular este convite às duas figuras do desporto e do basquetebol “tendo em vista, juntamente com outros dirigentes, activar a modalidade desportiva que de momento está inativa na ilha”.

Em declarações à imprensa após a primeira conversa motivacional que aconteceu no liceu, o treinador da seleção de basquetebol de Cabo Verde, Miguel Trovoada, agradeceu pelo convite que considera ser um desafio.
“Estivemos aqui hoje na escola secundária e muitos deles gostam de basquetebol, já sabiam meu nome, muitos deles acordam às 6:00 da manhã para ver os nossos jogos”, disse, salientando que isto significa que o “bichinho” do desporto e do basquetebol está nestes jovens e que cabe agora a todos incentivar e criar condições para que desenvolvam esta capacidade desportiva.

A presença de boavistenses no basquetebol, de jogadores da seleção, como Dudu que passou pelo Pantera, e investimentos feitos pela câmara municipal no desporto, foram apontados por Miguel Trovoada como condições e motivações para a prática do basquetebol na Boa Vista.

E por isso, o treinador nacional de basquetebol reiterou que cabe agora a todos incentivar e motivar para que os jovens possam fazer o que gostam, para fortalecerem esta capacidade desportiva, e contribuir para o desenvolvimento da modalidade.

Já o capitão da seleção nacional de basquetebol, Fidel Mendonça, disse que foi uma honra ter recebido o convite da autarquia.

“Trata-se também de um reconhecimento para seleção que foi ao Mundial e pela importância do impacto que isto teve na comunidade, como forma de demonstração de resiliência e inspiração para todos os cabo-verdianos”, salientou.

E com a palestra motivacional proferida no liceu da ilha, em que contaram os seus percursos desportivos até chegar ao mundial, Fidel Mendonça espera que isto venha a impactar igualmente na vida futura dos alunos, e que sirva de alguma forma para os inspirar e leva-los a acreditar nos seus sonhos.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest