MpD vai anunciar nos próximos dias a lista dos candidatos às eleições autárquicas de 2024, avança presidente

O presidente do Movimento para a Democracia (MpD- poder), Ulisses Correia e Silva, avançou este sábado, 17, que o partido irá anunciar, nos próximos dias, a lista dos candidatos às autárquicas de 2024 e que o processo já está praticamente concluído.

O líder do MpD falava à imprensa, à margem do empossamento dos novos membros da Comissão Política Concelhia do partido na Praia e do seu presidente, o deputado municipal Manuel Alves, numa cerimónia que decorreu no Auditório Nacional, na cidade da Praia.

Ulisses Correia e Silva, que manifestou confiança na nova liderança, afirmou que a missão da Comissão Política Concelhia do MpD “é clara”, ou seja, ajudar o partido a ganhar as eleições autárquicas na capital do país, com o reforço na mobilização política dos militantes e dar o devido combate político aos adversários.

Conforme avançou, durante a reunião da Comissão Política Nacional realizada hoje, foi feita a primeira avaliação dos candidatos, sublinhando que cerca 85 por cento (%) das escolhas já foram feitas e que nos próximos dias irão anunciar a lista.

“Nós vamos apresentar um bom candidato, boa equipa, bom programa, ambição, resultados que queremos para Praia, isso tudo é legítimo porque estamos em um combate político, mas com sentido claro que podemos fazer mais e melhor na governação da Praia”, declarou, acrescentando que o foco é ter um partido “unido coeso e forte”.

Por seu lado, Manuel Alves, que assume as funções de presidente após vencer as eleições internas da Comissão Política Concelhia da Praia do MpD realizadas no domingo, 04, reiterou a missão de reorganizar o partido, isto através da criação de um núcleo de acção democrática em todos os bairros de acordo com o estatuto.

Disse que é com sentido de responsabilidade e “prestígio” que assume o cargo, sublinhando que a Praia necessita de um partido mais bem organizado e com uma liderança forte.

“Praia precisa de um MpD forte pujante, boa equipa para poder resgatar a Praia dessa situação. O município da Praia está mergulhado na corrupção, desordem, desgovernação e paralisação desde 2020”, afirmou.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest