Oito pessoas resgatadas com vida na Boa Vista de piroga que partiu da Mauritânia há mais de 1 mês

As autoridades cabo-verdianas resgataram com vida, oito imigrantes que deram à costa hoje numa piroga, na Praia da Cruz dos Mortos, na ilha da Boa Vista, informou o comandante da esquadra da Boa Vista, António Tavares.

O alerta foi dado por volta das 10:45 por pessoas de uma instalação de acampamento de proteção de tartaruga, tendo participado nesta operação conjunta a Polícia Nacional e a Polícia Judiciária, bombeiros e uma equipa médica.

Segundo o comandante, a piroga, com 12 metros de comprimento e três de largura e sem motor, deu à costa com cinco senegaleses e três mauritanos do sexo masculino, com idade compreendida entre os 20 e 35 anos.

Informou que, os emigrantes disseram que eram inicialmente um total de 21 pessoas que partiu há 34 dias da Mauritânia com intenção de chegar à Espanha, mas que somente os oito sobreviveram sendo que à medida que os companheiros iam falecendo eram atirados ao mar.

António Tavares acrescentou que os emigrantes inicialmente aparentavam estar desidratados, mas já se encontram estáveis tendo em conta que receberam os primeiros socorros da equipa médica que se dirigiu ao local para auxiliar na operação.

O responsável certificou que a costa da Praia de Cruz dos Mortos foi sobrevoada com ‘drone’ para averiguar se havia mais pessoas ou algum corpo, mas não constou nada.

Avançou que a operação vai continuar e o pessoal da Fundação Tartaruga, que tem acampamento instalado perto da praia, vai continuar alerta para caso houver algo suspeito informar a Polícia Nacional.

Inforpress

Foto @ Camara da Boa Vista

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe um comentário

Follow Us