PAICV solicita alteração do quadro legal das eleições para permitir denúncia de compra de votos

O Partido Africando da Independência de Cabo Verde (PAICV) solicitou hoje a alteração do quadro legal das eleições para permitir que os aliciados a venda de votos possam denunciar e apresentar queixa sem medo de represália.

João Baptista Pereira fez essa solicitação em declarações à imprensa quando falava sobre uma reunião convocada pela presidente do partido, no dia 28, e que tinha como objectivo examinar os resultados das eleições legislativas de 2021.

“Neste momento, a nossa lei prevê que tanto o corruptor como o corrompido é responsabilizado por crime de corrupção eleitoral”, disse, afirmando que o PAICV entende que a lei deve ser alterada para poder denunciar quem utiliza métodos dessa natureza.

Conforme o vice-presidente do PAICV, para acabar com este tipo de corrupção é preciso dar combate à pobreza, empoderando os cabo-verdianos para que não sejam aliciadas a vender o seu voto a preços muito “baixos”.

Os resultados definitivos das últimas eleições legislativas, divulgados no Boletim Oficial, confirmaram a vitória do Movimento para a Democracia (MpD) com maioria absoluta, ao obter 50,04 por cento (%) dos votos e 38 dos 72 deputados à Assembleia Nacional.



Inforpress/Fim

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Pode gostar também

Deixe um comentário

Follow Us