Cabo Verde: Transformar lixo em maquetes atrativas

Cartões e plásticos descartados ganham nova vida nas mãos de Ângelo Moniz que, há quatro anos, os utiliza para criar maquetes ecológicas de monumentos, edifícios e cidades em Santiago. Ângelo, que faz este trabalho por hobby, diz que um dos seus objetivos é a preservação do meio ambiente. Por isso, também trabalha junto das escolas para passar os seus conhecimentos às crianças e jovens.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest