“Empregos não são criados por decreto”, diz secretário do Trabalho de Angola

Pedro Filipe diz à DW que as evidências sobre a criação de emprego estão nos “sites do Governo”. Secretário de Estado para o Trabalho afirma que a economia está a melhorar devido a “opções avisadas” do Executivo e à alta do preço do petróleo. Durante a pandemia, Angola perdeu 200 mil empregos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest