Angola vai fornecer a Cabo Verde um avião Boeing 737-700 que deve chegar nos próximos dias

O ministro dos Transportes de Angola, Ricardo Viegas D’Abreu, anunciou hoje a chegada a Cabo Verde, nos próximos dias, de um avião Boeing 737-700 de nova geração para dar corpo ao acordo rubricado com a TACV.

Ricardo Viegas D’Abreu fez este anúncio à imprensa, no âmbito da conferência sobre a Comissão Mista entre os dois Países, indicando que na segunda-feira vai ser rubricado um acordo bilateral de serviço aéreo atualizado e um acordo leasing operacional entre as companhias aéreas TACV e a TAAG.

“É um primeiro acordo, em África, que Angola assina nestes termos, e que se baseia nos princípios da Decisão de Yamoussoukro e do Mercado Único de Transportes Aéreos Africanos (MUTAA), pelo que é um sinal muito pragmático daquilo que são os nossos compromissos”, realçou.

O governante angolano explicou que os acordos com a TACV traduzem-se num primeiro passo que está sendo dado para a materialização dos compromissos assumidos, que podem depois integrar outros países no contexto regional ou da CPLP.

Ricardo Viegas D’Abreu adiantou ainda que vai ser rubricado, na Praia, um memorando de entendimento entre os Ministérios dos Transportes dos dois países, para a prossecução dos trabalhos, particularmente, na troca de experiências, de oportunidades e capacitação.

Tudo isso, explicou, para que as partes envolvidas possam tirar partido da realidade que se pretende materializar com o hub da ilha do Sal e de Luanda.

“Isso vai permitir que as duas companhias aéreas e outras do sector de aviação civil tirem partido deste trabalho, maximizando quer do ponto de vista regional ou continental”, salientou.

Um outro acordo, indicado por este governante e a ser assinado durante a visita do PR de Angola em Cabo Verde a partir de segunda-feira, far-se-á entre as autoridades de aviação civil dos dois países.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest