CAN 2021: Cabo Verde “vai fazer de tudo” para vencer os Camarões – Humberto Bettencourt

O treinador-adjunto da selecção cabo-verdiana de futebol, Humberto Bettencourt,  garantiu que Cabo Verde “vai fazer tudo” para vencer os Camarões, de modo a garantir presença nos oitavos-de-final do Campeonato Africano das Nações (CAN’2021).

A garantia foi dada em conferência de imprensa após a derrota, por 1-0, frente ao Burkina Faso, em  jogo a contar para a segunda jornada do grupo A, realizado esta quinta-feira, 13, no Estádio Olembe, em Yaoundé , nos Camarões.

“Vamos fazer tudo para sair com um resultado positivo, que neste caso passa por vencer o próximo jogo”, precisou Humberto Bettencourt que dirigiu os dois primeiros jogos de Cabo Verde na competição devido à ausência de treinador principal, Bubista, que testara positivo à covid-19.

Em relação ao jogo com o Burkina Faso, o treinador-adjunto disse que Cabo Verde esteve bem na partida, principalmente na segunda parte, e enalteceu a qualidade da equipa adversária, que classificou como uma das melhores do continente africano.

“Na primeira parte estivemos um pouco ausentes. No segundo tempo, corrigimos os nossos erros e criamos algumas chances de golo sem, no entanto, conseguir empatar. Agora temos de esquecer esta derrota e preparar o  jogo contra os Camarões nas melhores condições possíveis. O Burkina tem bons jogadores. É uma das melhores equipas africanas”, observou.

Cabo Verde defronta os Camarões numa partida marcada para segunda-feira, 17, às 15:00, decisiva  para as  contas do apuramento para os oitavos-de-final do CAN´2021.

Nesta partida os Tubarões Azuis, nome por que é conhecida a selecção de Cabo Verde, já contam com o seleccionador nacional de futebol, Pedro Leitão Brito “Bubista”, já se encontra no Camarões, depois de, na Cidade da Praia, testar negativo à covid-19.

De referir que, de acordo com o regulamento da Confederação Africana de Futebol (CAF), passam à próxima fase os dois primeiros lugares de cada grupo mais os quatro melhores terceiros classificados.

Esta é a terceira participação de Cabo Verde numa fase final do CAN, depois das presenças em 2013, na África do Sul, e 2015, na Guiné Equatorial.

A 33ª edição do Campeonato Africano das Nações (CAN’2021) conta com a participação das 24 melhores selecções do continente.

A selecção da Argélia, que integra o grupo E com os combinados da Serra Leoa, Guiné Equatorial e Costa do Marfim, foi a vencedora da última edição, realizada em 2019, no Egipto.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest