CAN’2021: CAF suspende Estádio Olembe após tragédia que resultou em oito mortos e 38 feridos

A CAF decidiu suspender esta terça-feira o  Estádio Olembe do CAN, até novo aviso prévio por causa da debandada mortal que deixou pelo menos oito mortos e 38 feridos à entrada do jogo Camarões x Comores.

O presidente da Confederação Africana de Futebol (CAF), Patrice Motsepe,  revelou esta posição em conferência de imprensa, logo no dia seguinte a tragédia na entrada sul do Estádio ‘Olembe, à margem dos oitavos-de-final do CAN 2021 entre Camarões e Comores (2-1.

O dirigente máximo do futebol africano exigiu a prestação de contas do comité organizador local (COCAN) para entender como foi possível  este drama e garantir que não volte a acontecer caso idêntico.

Como consequência das primeiras medidas,  os jogos agendados no Estádio Olembe foram transferidos até novo aviso, começando com os quartos-de-final marcados para domingo.

“Sei que, legalmente, o COCAN é responsável pela segurança, mas somos parceiros e devemos garantir que a segurança de cada espectador seja a nossa principal preocupação”, lembrou o sul-africano, citado pelo site Afrikan Foot.

“Somos tão responsáveis quanto o Cocan, tanto quanto o governo camaronês. Precisamos conversar para garantir que as providências sejam tomadas para que o que aconteceu ontem nunca mais aconteça. Será criada uma Comissão Disciplinar. A partida que está marcada para domingo em Olembé não será realizada neste estádio. Esta partida será disputada no estádio Ahmadou Ahidjo, em Yaoundé”, precisou.

O Estádio d’Olempe, na capital camaronesa,  foi o palco de todos os jogos da selecção de Cabo Verde na fase de grupos desta 33ª edição do CAN.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest