JPAI condena conduta “discriminatória” com que Governo central tem tratado Boa Vista

A Juventude do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (JPAI) condenou hoje, em conferência de imprensa, na cidade de Sal Rei, “a conduta discriminatória com que o Governo central tem tratado a ilha”.

O presidente da JPAI-Boa Vista, Paulo Barbosa, fez essa afirmação em conferência de imprensa concedida esta manhã, para um olhar sobre o estado do município da Boa Vista em matéria de juventude, uma ilha que segundo o mesmo contribui com “avultados” recursos para os cofres do Estado, mas que recebe investimentos “incipientes”.

Segundo o mesmo, Boa Vista “não foge à regra da realidade nacional” marcada pelos desafios que “afligem” os jovens, que causam “desânimo e desalento”, provocando a saída massiva de jovens do país devido à “falta de capacidade de resposta do senhor Ulisses Correia e Silva e do governo do MpD”.

Acrescentou também que o Governo cria todo o tipo de subterfúgios para “bloquear” fundos legalmente “devidos” à Câmara Municipal da Boa Vista que poderiam ser usados para o avanço de projectos importantes para o município.

Como principais problemas da camada jovem que, segundo dados da INE, representa 33% da ilha, apontou a falta de emprego digno e bem remunerado, a precariedade dos vínculos laborais especialmente no sector hoteleiro, o défice habitacional, a precariedade a nível da saúde, principalmente, a reprodutiva.

Paulo Barbosa declarou que, apesar de todo o condicionalismo, a juventude da ilha tem-se mostrado “resiliente” no drible das adversidades que a conjuntura impõe.

Por outro lado, o mesmo reconhece que a Câmara Municipal da Boa Vista, liderada por Cláudio Mendoça, tem feito um esforço “meritório”, apesar das dificuldades para materializar políticas publicas que visam a melhoria da qualidade de vida dos munícipes.

É o caso do Centro de Saúde Reprodutiva que, por falta de iniciativa do Governo, a CMBV assumiu a responsabilidade de construir, em parceria com a Associação Help, e será inaugurado este 03 de Julho.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest