Reitor da Uni-CV eleito presidente da Associação dos Países de Língua Portuguesa

O reitor da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), José Arlindo Barreto, foi eleito, por aclamação, como o novo presidente da Associação das Universidades dos Países de Língua Portuguesa (AULP).

A eleição aconteceu esta quarta-feira, 26, durante o XXXIII Encontro da AULP, que aconteceu na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), dedicado ao tema “Migrações, desigualdades e desenvolvimento sustentável”, sendo que José Arlindo Barreto substitui o vice-reitor da Universidade de Coimbra, João Nuno Calvão da Silva.

De acordo com a AULP, já como presidente, José Arlindo Barreto presidiu a sessão de entrega do Prémio Fernão Mendes Pinto 2023, ganho pelo professor na Universidade Politécnica de Macau Manuel Duarte João Pires, que defendeu a tese de doutoramento “Português no ensino superior da China: os estudantes chineses de mobilidade de crédito em Portugal e o ensino para a interação cultural”, na Universidade de Lisboa, Portugal.

O prémio atribuído anualmente pela AULP tem como objetivo galardoar uma dissertação de mestrado ou tese de doutoramento que contribua para a aproximação das comunidades de língua portuguesa, explicitando relações entre comunidades de, pelo menos, dois países.

Conforme a organização, o valor do Prémio Fernão Mendes Pinto é de 8.000 euros (cerca de 880 mil escudos) a atribuir numa parceria conjunta entre a AULP e a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) ao autor premiado e cuja publicação digital será da responsabilidade do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, IP.

A AULP, fundada em 1986, reúne cerca de 140 universidades dos oito países de língua oficial portuguesa (Cabo Verde, Angola, Brasil, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste – e da Região Administrativa Especial de Macau).

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest