São Vicente: Marina do Mindelo pede intervenção “mais profunda” para manter limpa a Praia de Bote

A directora de Operações da Marina do Mindelo afirmou esta sexta-feira, 24, ser preciso que as autoridades se unem para uma intervenção “mais profunda” na Praia de Bote, que se apresenta como um “perigo” para a saúde pública.

Jaqueline Gomes, que falou à Inforpress, explicou que desde o ano passado a Marina do Mindelo assumiu um compromisso com o ministério para ser “padrinho” das duas praias na Avenida Marginal, antiga praia do Cais de Alfândega, mais conhecida por “Praia d´Catchor” e também a Praia de Bote.

Entretanto, segundo a mesma fonte, esta última mostra-se a “mais crítica” com acumulação de lixo, que não acaba nem com campanhas de limpeza, sendo a última realizada na quinta-feira, 23.

“A praia precisa de uma limpeza a fundo que só a Marina do Mindelo, e alguns dos nossos parceiros, não consegue dar vazão”, sustentou Jaqueline Gomes, adiantando que na última acção retiraram cerca de 200 sacos de lixo, mas ainda assim ficou restos de resíduos.

Isto porque, sustentou, para além da acção do mar, a Praia de Bote tem sofrido com a acção humana, desde pescadores e peixeiras que deitam restos de pescado na areia, lixo de restaurantes das redondezas, e até frequentadores que a utilizam como balneário.

Por outro lado, ajuntou, a recolha de lixo municipal tem sido “muito deficitária”.

“Essa praia já está contaminada e representando um perigo à saúde pública, por isso, seria necessária uma intervenção com especialistas, com outros recursos, que a Marina do Mindelo não dispõe”, advogou Jaqueline Gomes, adiantando que, além das limpezas, têm feito, como padrinhos, acções de sensibilização para ver se o cenário muda.

O projecto Padrinhos do Mar foi desenhado pelo Ministério do Mar, através da Direcção Nacional de Política do Mar (DNPM), em parceria com o Instituto Marítimo Portuário (IMP), com o propósito de unir forças para a preservação do ecossistema marinho do País.

Algumas empresas públicas e privadas e instituições já aderiram à campanha, tendo até o momento, conforme o Ministério do Mar, oito praias apadrinhadas, sendo seis, em São Vicente, e duas, na cidade da Praia.

Inforpress

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest