Bill Russell, grande jogador da NBA e lenda do Celtics, morre aos 88 anos

Bill Russell, o grande jogador da National Basketball Association (NBA) que liderou a dinastia do Boston Celtics que ganhou 11 campeonatos em 13 anos – os dois últimos como o primeiro treinador negro em qualquer grande modalidade nos EUA – e marchou pelos direitos civis com Martin Luther King Jr., morreu no domingo. Ele tinha 88 anos.

A sua família publicou a notícia nas redes sociais, dizendo que Russell morreu com a sua esposa, Jeannine, ao seu lado. A causa da morte não foi divulgada.

Presente no Hall of Fame, cinco vezes o jogador mais valioso e 12 vezes All-Star, Russell foi, em 1980, eleito o maior jogador da história da NBA por jornalistas de basquetebol. Ele continua sendo o vencedor mais prolífico da modalidade e um arquétipo de altruísmo, deixando a pontuação para os outros.

Russell liderou a Universidade de San Francisco aos campeonatos da NCAA em 1955 e 1956 e ganhou uma medalha de ouro nos Jogos Olimpicos de 1956.

Em Boston, Russell deixou uma marca duradoura como atleta negro na cidade – e país – onde a raça costuma ser um ponto de crítico.

Em 2011, o presidente Barack Obama concedeu a Russell a Medalha da Liberdade. Dois anos depois, uma estátua de Russell foi inaugurada na cidade de Boston.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest