Forças americanas atacam milícia Kataib Hezbollah no Iraque em resposta a ofensiva com drone

As forças dos Estados Unidos atacaram nesta segunda-feira, 25, a milícia Kataib Hezbollah, apoiada pelo Irão no Iraque, em resposta a um ataque de drone que feriu três militares americanos.

“Esses ataques de precisão são uma resposta a uma série de ataques contra o pessoal dos EUA no Iraque e na Síria por milícias patrocinadas pelo Irão, incluindo um ataque do Kataib Hezbollah, afiliado ao Irão, e de grupos afiliados na Base Aérea de Erbil, hoje cedo, e com a intenção de perturbar e diminuir as capacidades daqueles grupos”, afirmou o secretário de Defesa, Lloyd Austin, em comunicado.

A porta-voz do Conselho de Segurança Nacional, Adrienne Watson, afirmou, por seu lado, que o Kataib Hezbollah, como parte de uma rede de radicais apoiados pelo Irão, reivindicou o crédito pelo ataque de segunda-feira, em que, segundo ela, um dos militares ficou gravemente ferido.

As forças dos EUA e da coligação operaram na região como parte da missão de combater o grupo Estado Islâmico no Iraque e na Síria.

Essas forças têm sido alvo de repetidos ataques de grupos apoiados pelo Irão, das quais cerca de 100 ocorreram depois que Israel lançou a sua ofensiva para eliminar o grupo radical Hamas na Faixa de Gaza.

Os militares americanos disseram que interromperam a maioria desses ataques ou que não atingiram os seus alvos, sem provocar danos, mas vários, como o de hoje, feriram militares dos EUA.

Ataques retaliatórios anteriores tiveram como alvo o Kataib Hezbollah e outros grupos, incluindo os ataques dos EUA em Novembro.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest